Recursos Humanos

Controle de ponto manual: entenda os riscos desse sistema

Publicado: Visto por: 51 pessoas

Você sabia que atualmente empresas de diferentes tamanhos ainda utilizam o controle de ponto manual para a gestão da jornada de trabalho? É isso mesmo, embora já existam ferramentas inovadoras e melhores, muitas organizações continuam no passado. 

No entanto, continuar usando o controle de ponto manual para a rotina de ponto dos colaboradores resulta em riscos. Antes de tudo, além de toda a morosidade desse processo, há alguns problemas que podem aparecer. A seguir, você entende mais detalhes sobre, confira:

O que é e como funciona o controle de ponto manual?

O controle de ponto manual pode ser como a gestão da jornada de trabalho dos profissionais realizada a partir de fichas e do tradicional livro de ponto. Na prática, esses dois caminhos funcionam a partir do registro manual do horário de entrada, intervalos e saída dos trabalhadores. 

Então, isso quer dizer que diariamente o colaborador anota o horário que chegou na ficha ou no livro de ponto. Assim, ao final do mês, profissionais de RH precisam conferir anotação por anotação, identificando falhas, registros faltantes e fazendo as contas sobre horas, banco de horas e outras informações necessárias. 

Olhando para o nosso atual cenário, onde temos aplicativos, softwares, planilhas que otimizam o trabalho, esse controle de ponto manual parece arcaico, não é mesmo? E, na prática é mesmo, a surpresa é saber que muitas empresas ainda utilizam esse caminho. 

Riscos do controle de ponto manual 

Além de resultar em mais trabalho e retrabalho para o RH, essa prática ainda gera riscos e problemas para as empresas. Veja a seguir os principais:

Maior chances de erros

Para começar, é preciso falar que o principal risco de usar o controle de ponto manual é a maior incidência de erros no processo de gestão da jornada de trabalho. Como o registro é manual, a tendência é que erros aconteçam, seja na hora de marcar ou mesmo na hora de passar para a folha de ponto. 

Mais fraudes

O controle de ponto serve para que gestores, empreendedores e profissionais de RH façam a gestão da carga de trabalho dos colaboradores. Quando esse processo acontece de forma manual, as chances de fraudes e adulterações são maiores. Fraudes tradicionais passam pela marcação de fichas para colegas e anotação de horários errados. 

Risco de ações trabalhistas

O controle de ponto manual pode ser o grande responsável por fazer com que uma empresa sofre com mais ações trabalhistas. Devido à falta de prova sobre alterações ou mesmo devido aos riscos de erros, é comum a utilização desses processos como elemento em um processo trabalhista. Isso quer dizer que, geralmente, quem paga maior é o empregador, aumentando prejuízos para o negócio. 

Prejuízos financeiros para a empresa

Olhando para esses riscos, o principal problema da utilização de um controle de ponto manual é o prejuízo que causa para a empresa. Seja com o retrabalho necessário, às ações trabalhistas ou a baixa produtividade de colaboradores, em todas as situações o resultado são despesas que podem ser evitadas com a utilização de um sistema eletrônico. 

Como sair do controle de ponto manual?

Inicialmente, a boa notícia é que empresas que ainda contam com um método manual de controle de ponto podem migrar para uma solução moderna e eficiente sem que seja necessário um alto investimento em equipamentos ou estrutura da empresa. 

Atualmente, todo o controle de ponto pode ser realizado totalmente de forma automática e online, por meio de um aplicativo ou sistema online de ponto

Assim, essa forma de realizar o controle da jornada de trabalho é totalmente legal, do ponto de vista de seguir as normas do Ministério do Trabalho. Além disso, ela é importante para possibilitar maior transparência para o colaborador e para a empresa, afinal, todas as informações ficam disponíveis. 

Por fim, ainda é importante para os profissionais de Recursos Humanos. Enfim, com a utilização de uma ferramenta, é possível contar com dados sobre a rotina dos profissionais e acompanhar produtividade e possibilitando que todos os processos sejam realizados de forma otimizada, em menos tempo e com mais segurança. 

Por fim, sua empresa ainda utiliza o controle de ponto manual? Então, se a resposta for sim, você precisa conhecer o aplicativo de ponto digital, evitar os riscos apresentados e colocar sua empresa no futuro. 

Publicado:
Materiais gratuitos

Baixe também nossos materiais gratuitos

Tudo o que você precisa saber sobre o mercado gratuitamente e em um só lugar.

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Forpeople Softwares a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.