Empreendedorismo

Indicadores de desempenho no empreendedorismo: conheça 6 indispensáveis

Publicado: Visto por: 33 pessoas

Os indicadores de desempenho no empreendedorismo são como métricas que ajudam a medir a performance de uma empresa de acordo com objetivos diferentes. Assim, estipular alguns desses KPIs (Key Performance Indicators) para o controle do seu negócio é imprescindível.

 

Para empreender, não basta acompanhar os lucros do negócio de tempos em tempos. Se você deseja ter controle sobre a performance e o desempenho da sua empresa a longo prazo, os indicadores de desempenho no empreendedorismo são o caminho para tal. Afinal, com eles, você consegue ter uma visão mais ampla e aprofundada de todas as etapas do negócio.

Hoje, nós vamos falar sobre os 4 principais tipos indicadores de desempenho no empreendedorismo e te ensinar a escolher os mais adequados para alcançar as metas do seu negócio. Vamos lá?

O que são indicadores de desempenho ou KPIs?

Primeiro, vamos definir o que é um indicador de desempenho. Ele é, basicamente, uma forma de mensurar os resultados da empresa, determinado de acordo com um objetivo principal.

São também conhecidos por KPIs (Indicadores Chave de Performance) e são utilizados como parâmetros a partir dos quais o gestor de um negócio se guia, ajudando-o a tomar decisões melhores.

É importante ressaltar que avaliar esse tipo de indicador de forma inadequada pode ter o efeito reverso, trazendo prejuízos ao planejamento da organização. Dessa maneira, é importante agir de acordo com cada objetivo, segmentando cada informação e direcionamento.

Benefícios de implementar indicadores de desempenho

Maior previsibilidade ao seu negócio

Baseando-se nos indicadores de desempenho, ou KPIs, sua visão estratégia é ampliada, garantindo maior previsibilidade aos processos do seu negócio.

Redução de custos na empresa

Reconhecendo o que precisa ser melhorado, o gestor pode arrancar o problema pela raiz, sem divagar e gastar desnecessariamente com medidas que não levam a nada.

Otimização do tempo investido

A mesma coisa do item anterior. Sabendo exatamente o que melhorar e como fazer isso, você e seus colaboradores economizam tempo que poderá ser investido na performance da empresa.

Maior organização no cotidiano da empresa

Segmentando os indicadores de desempenho de acordo com o objetivo do negócio, é possível alcançar maior organização e mais clareza na visualização das estratégias de negócio.

Maior assertividade na tomada de decisões

Com o uso dos KPIs, o gestor consegue administrar todos os processos de forma mais assertiva e com maior precisão, enxergando o negócio de modo a tomar as melhores decisões.

Os 6 principais tipos de indicadores de desempenho

1) Indicador de faturamento

Os indicadores de faturamento são os mais fáceis de serem observados, e todo gestor já costuma acompanhá-los diariamente. Esse tipo de indicador se refere ao dinheiro bruto que entra todo mês, quanto a empresa ganhou com suas vendas diretamente. Por isso, é sempre o primeiro que capta a atenção dos empresários.

Ainda que seja mais superficial e não mostre os resultados a fundo, é possível medir se você está vendendo como deveria. Basta comparar a margem de lucro com o faturamento. Assim, é possível avaliar se o faturamento está precisando ser muito alto para cobrir uma margem aceitável ou ainda se a margem já está negativa.

2) Indicador de produtividade

Os indicadores de produtividade dizem respeito à utilização de recursos da empresa. Isso porque, quanto menos recursos para produzir um produto ou serviço, mais produtiva sua empresa está sendo.

Assim, é possível acompanhar o rendimento do negócio em meio aos recursos utilizados, como tempo investido ou mesmo a parte financeira em si. Porém, é preciso prestar atenção à qualidade do trabalho realizado, pois de nada adianta gastar poucos recursos se os resultados tornam-se inferiores ao que deveriam. Desse modo, essa deve ser uma combinação de resultados bons e alta produtividade. Quando perceber que esse conjunto não está caminhando lado a lado, é hora de pensar em mudanças.

3) Indicador de lucratividade

A lucratividade da empresa é a relação entre o valor do lucro líquido e o valor das vendas. Ela é um indicador mais aprofundado que o faturamento, à medida que leva em conta também as despesas e custos operacionais do negócio. Afinal, não adianta apenas cobrir as despesas: a organização precisa lucrar para sobreviver e continuar oferecendo os melhores resultados.

Assim, acompanhar os indicadores de lucratividade significa observar também os custos que incidem, para saber se a empresa está lucrativa ou deficitária. A lucratividade é um valor porcentual, e para descobrir o seu índice basta calcular (Lucro Líquido / Receita Total) x 100.

Exemplo:

Se uma empresa tem receita total de R$ 200 mil reais e lucro líquido de 22%:

Lucratividade = (R$ 22.000,00 / R$ 200.000,00) x 100 = 0,22 x 100 = 11%

Quanto mais a empresa produzir e vender, maiores as chances de aumentar os lucros a longo prazo.

4) Indicador de turnover

Turnover é o grau de rotatividade dos funcionários em uma empresa. Apesar de ser comum, a entrada e saída de colaboradores não deve ultrapassar os níveis do normal, pois isso pode indicar que há algum problema.

Por exemplo, com uma taxa de turnover fora do comum, é possível avaliar se há questões relativas ao clima organizacional da empresa, falhas no processo de seleção ou até mesmo negligência na gestão do líder responsável. Além disso, o custo para aquisição ou desligamento de funcionários é muito alto, o que pode prejudicar a lucratividade do negócio.

Para descobrir a taxa de turnover do seu negócio, basta calcular:

(n° de contratados + n° de desligados) / 2 / n° de funcionários

Com esse conhecimento, você pode avaliar possíveis problemas organizacionais e como resolvê-los, a fim de diminuir a rotatividade dos funcionários na empresa.

5) Nível de endividamento

Acompanhar o nível de endividamento da empresa é importante, pois ele afeta diretamente as taxas de lucratividade do negócio. De nada adianta manter o faturamento alto se boa parte do dinheiro é direcionado a quitar dívidas. Por isso, é essencial que as dívidas contraídas não se sobressaiam ao lucro.

O ideal é que você não precise negociar com bancos, mas se complicações surgirem, direcione seu esforços e planejamento financeiro para arcar com tais dívidas. E não se esqueça: esse indicador de desempenho deve receber tanta atenção quanto os outros que já citamos, pois pode comprometer a saúde da empresa substancialmente.

6) Indicadores estratégicos

Os indicadores estratégicos são relacionados a objetivos a longo prazo, de maior amplitude. De maneira geral, auxiliam o gestor na tomada de decisões à medida que mostram o quão perto a realidade está das metas estipuladas inicialmente. Sobretudo, o que foi registrado no plano de negócios da empresa.

Assim, os indicadores estratégicos demarcam o que se espera para o futuro da organização. São pautados em fatores internos e externos, como a situação econômica do país e os próprios concorrentes. Porém, é necessário enfatizar que eles devem ser previamente estipulados de acordo com as políticas e virtudes da empresa, a modo que a longo prazo consiga-se chegar cada vez mais perto dos parâmetros iniciais.

Como os indicadores de desempenho estão relacionados

É importante ressaltar que, apesar de funcionarem separadamente, cada um desses indicadores de desempenho fazem parte um do outro. Isso porque eles dependem uns dos outros para o bom funcionamento da “engrenagem”.

Por exemplo: se o índice de turnover da empresa estiver muito alto, a produtividade e a lucratividade podem decair. Se o endividamento for elevado, praticamente todos os outros indicadores sofrerão prejuízos. Então, é preciso ter a noção de que relacionar os KPIs escolhidos é essencial para que nenhum objetivo sofra consequências.

Conclusão

Os indicadores de desempenho no empreendedorismo são importantes fontes de consulta e acompanhamento da saúde do negócio. Dessa maneira, uma boa gestão sempre anda lado a lado com os principais KPIs.

Agora que você já entendeu o que são indicadores de desempenho e os principais KPIs utilizados por empresários, basta escolher os que mais se adequam ao seu negócio e melhorar rapidamente os resultados do seu negócio!

Em outro artigo, nós falamos mais sobre como melhorar a gestão da empresa em 7 passos. Que tal conferir para complementar o seu conhecimento sobre os indicadores de desempenho? Esperamos que seja muito útil para a sua estratégia. Aproveite a leitura e continue acompanhando nosso blog para mais conteúdo!

Publicado:
Materiais gratuitos

Baixe também nossos materiais gratuitos

Tudo o que você precisa saber sobre o mercado gratuitamente e em um só lugar.

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Forpeople Softwares a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.