KPI

O que é Turnover e como calcular?

Publicado: Visto por: 40 pessoas

Como combater o turnover e impedir a rotatividade excessiva de colaboradores? Se você atua no departamento de RH, certamente já escutou essa pergunta, afinal, é um dos principais desafios das empresas que desejam reter sempre os melhores talentos em seu quadro. 

Porém, antes de pensar em ações para evitar esse turnover, é necessário entender exatamente o que é, e como calcular. Dessa forma, será possível saber se é realmente um problema e qual o impacto para a produtividade da sua empresa.

Por isso, neste conteúdo, você vai entender todos os detalhes sobre o turnover, passando pelo cálculo e impactos. 

O que é turnover?

Turnover é o nome dado ao índice que calcula a rotatividade de colaboradores de uma empresa. Na prática, serve para medir a porcentagem de profissionais que deixam uma organização durante um determinado período.

 Atualmente, o turnover é um dos principais indicadores para profissionais de RH, sobretudo, para aqueles envolvidos no processo de Recrutamento e Seleção. No entanto, também é muito utilizado para entender a aplicação da cultura organizacional e para saber como anda a retenção de talentos. 

Tipos de turnover

Ainda sobre o conceito de turnover, é preciso destacar que existem 2 tipos: turnover voluntário e turnover involuntário. 

Turnover voluntário: acontece quando o colaborador decide deixar a empresa, ou seja, quando um profissional pede demissão. 

Turnover involuntário: acontece quando a empresa decide encerrar o contrato com o funcionário, na prática, quando uma organização demite o colaborador. 

Quais os impactos do turnover?

O que é Turnover e como calcular

Agora que você viu o que é turnover, fica fácil imaginar quais os impactos dessa rotatividade para sua empresa, certo? Contudo, é preciso destacar algumas consequências da alta rotatividade de profissionais em uma organização, principalmente para a gestão de pessoas, confira:

Custo alto: o primeiro impacto a ser destacado é o custo alto gerado pelo turnover. Sabemos que os processos de contratação e demissão de colaboradores geram custos para as empresas, seja em investimento em treinamentos e direitos trabalhistas, ou ainda no tempo dos profissionais de RH.

Impacto na produtividade: novos colaboradores passam por um período de adaptação, aprendizado e, geralmente, uma curva de produtividade. Essa curva tende a melhorar à medida que esse profissional conhece os processos e fica mais à vontade na empresa. Dessa forma, quanto maior for a rotatividade, maior será o tempo para que as pessoas passem por esse processo. 

Talentos indo para a concorrência: profissionais de RH e empreendedores estão em busca dos melhores talentos para a empresa. Quando há uma alta rotatividade, a tendência é que os talentos saiam da sua empresa e vão atuar em concorrentes.

Falta de alinhamento da cultura: quando o assunto é cultura organizacional, sabemos que ela é desenvolvida com rotina e ações constantes. Quando não há manutenção dos profissionais, a tendência é que a cultura seja abalada, tornando mais difícil a construção de uma identidade.     

Como calcular o turnover da sua empresa?

Com os impactos do turnover claro, agora chegou a hora de entender como está esse indicado em sua organização. Por isso, a seguir, você confere um passo a passo simples para calcular o turnover na sua empresa. 

Passo 1: Obtenha dados: 

Para o cálculo, será preciso contar com os seguintes dados:

  • Número de colaboradores contratados em um certo período.  
  • Número de colaboradores que saíram no mesmo período.
  • Número total de colaboradores de uma empresa.  

Passo 2: fórmula

  • A fórmula começa pela soma do número de colaboradores contratados e número de colaboradores que saíram.
  • Depois é necessário dividir o resultado por 2. 
  • Depois, é necessário dividir o resultado desta divisão pelo número total de colaboradores da empresa. 
  • Por fim, multiplica-se por 100. 

Na prática, considerando que a empresa tenha contratado 10 pessoas, demitido 20 e tenha 200 pessoas em seu quadro de colaboradores,a conta ficaria assim:

  • 10 + 20 = 30 
  • 30 ÷ 2 = 15
  • 15 ÷ 200 = 1,5
  • 15 x 100 = 7,5%

Nesse exemplo, a taxa de turnover da empresa em um determinado período foi de 7,5%. Trazendo para a vida real, esse resultado seria bom, visto que, de uma forma geral, podemos considerar que até 10% é uma boa porcentagem. 

 Agora que você sabe o que é o como calcular o Turnover da sua empresa, pode começar a pensar em ações para evitar essa rotatividade. Para isso, confira nossos conteúdos do Blog e assine nossa newsletter para receber materiais e dicas. 

Publicado:
Materiais gratuitos

Baixe também nossos materiais gratuitos

Tudo o que você precisa saber sobre o mercado gratuitamente e em um só lugar.

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Forpeople Softwares a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.