Recursos Humanos

Como criar uma cultura organizacional saudável e produtiva na sua empresa

Publicado: Visto por: 20 pessoas

A cultura organizacional engloba a rotina da corporação, servindo como guia para orientar hábitos, práticas e comportamentos de uma equipe. Assim, estabelecê-la de modo saudável é um fator determinante para o sucesso do negócio.

É possível observar quando a cultura organizacional de uma empresa é positiva, apenas pela maneira como ela se relaciona. Com colaboradores, clientes ou até mesmo fornecedores, é importante avaliar o modo como o negócio está sendo conduzido. Assim, é possível descobrir se é preciso implementar mudanças e alterar os rumos da cultura corporativa.

Você já parou para pensar que uma má produtividade pode ser reflexo das relações estabelecidas dentro da empresa? Pois é! Tudo leva a isso. Então, vamos refletir hoje sobre as principais características de uma boa cultura e como exercitá-la.

Se você quer saber como criar um ambiente de trabalho com valores e missões bem definidos, continue lendo!

Como começar a pensar na cultura organizacional

O modo como os membros de uma corporação se comportam e se relacionam diz muito sobre a cultura organizacional. Conflitos constantes, desentendimentos sobre processos de trabalho e outras situações do tipo podem se tornar verdadeiros estorvos se não soubermos como contorná-los. 

Para evitar que isso aconteça, a maioria das empresas busca desenvolver uma cultura própria, que atenda às necessidades do negócio. Não podemos assumir que o McDonald’s e a Amazon atuem com a mesma cultura organizacional, pois possuem objetivos e clientes distintos. Assim, é essencial pensar em alguns questionamentos antes de partir para a ação. Veja exemplos:

  • Minha empresa é rígida ou mais flexível?
  • O que é permitido ou não na política interna?
  • Qual o propósito da empresa perante a sociedade?
  • Quais os meus pontos fortes sobre a concorrência?
  • Quais são os principais valores, éticos e morais?

Essas questões podem se tornar uma espécie de guia para auxiliar o líder a conhecer melhor o seu negócio. Após essa análise, então, será mais simples enxergar prioridades. E, é claro, a verdadeira missão da empresa, aplicando mudanças efetivas pouco a pouco. 

É importante ressaltar que essas virtudes não são fixas, mas sim flexíveis e adaptáveis. Grandes empresas se reinventam constantemente, alterando inclusive o tipo de linguagem, para se aproximar do público. Tudo depende do momento e das dificuldades a serem combatidas. Mas fato é: cultura e liderança caminham juntas! Então, uma boa liderança está à frente de tudo, e não deve se esperar que mudanças ocorram de um dia para o outro.

Como fortalecer a cultura organizacional da sua empresa

Os colaboradores são a porta de entrada para uma boa cultura organizacional. Sem a devida motivação e uma boa performance, isso pode comprometer todos os processos, levando os resultados por água abaixo. 

Assim, os funcionários precisam internalizar de verdade os princípios e sonhos da organização. É essencial atingir o nível em que eles vistam a camisa do time e procurem agir pela coletividade sempre que possível. O profissional de RH pode oferecer o suporte necessário para que essas mudanças sejam possíveis.

Vamos ver algumas ações que o líder (ou RH) pode tomar para isso:

Comece pelo processo de seleção

Desde o processo de seleção, é possível observar características intrínsecas ao candidato. Um exemplo disso são as hard skills, referentes à qualificação profissional. Mas, mais que isso, o gestor consegue identificar se os valores do indivíduo se adequam à cultura e política da empresa. 

Assim, contratar pessoas com ideais semelhantes e guiá-las através do processo seletivo, reforçando esses valores, é essencial. Já dentro da empresa, é papel do profissional de RH ou líder orientar sobre as normas e missão da corporação, incorporando-as ao cotidiano do profissional.

Tenha missão, visão e valores definidos

Não basta falar. É essencial definir missão, visão e valores da empresa para que a cultura organizacional vá do papel à prática, com clareza. Por exemplo, se for necessário realizar reuniões diárias no início do expediente, é preciso transmitir os objetivos dessa ação. Assim, ser claro nos motivos por trás de ações práticas pode ajudar o colaborador a entender e incorporar isso ao seu dia a dia.

Tenha um propósito

Ter um objetivo a ser alcançado motiva você e os seus funcionários diariamente. Dessa forma, é importante manter esse fator bem definido, encaminhando a equipe desde o processo seletivo a esse fim.

Desenvolva de forma constante

Já dissemos que esse é um processo contínuo e flexível, que pode se adaptar conforme as necessidades da empresa. Por isso, é essencial que a aprendizagem e atualização em relação ao mundo corporativo seja constante e melhore semana após semana. Incentivar o envolvimento dos membros da equipe é um dos principais pilares de uma boa cultura organizacional, e novos temas devem ser trazidos à discussão sempre que possível.

Treinamentos são importantes

Para que esse aprendizado se torne possível, investir em treinamentos internos para melhorar a relação interpessoal é uma boa ideia. Além disso, outros tópicos podem ser trabalhados, como os princípios da ética profissional ou como aumentar a motivação no trabalho. Tudo depende do momento que a empresa está vivendo e quais são as prioridades a serem exploradas. O importante é manter constância e mostrar ao colaborador que o conhecimento deve ser estimulado.

Receba e dê feedbacks

O feedback é uma ferramenta indispensável no cotidiano da organização. É praticamente inviável melhorar o que não sabemos precisar de melhorias, não é mesmo? Isso diz respeito não apenas ao trabalho do colaborador, mas também do próprio líder que se encarrega da gestão. A troca de informações e uma comunicação ativa ajudam de forma efetiva a melhorar a cultura organizacional. Assim, não hesite em reforçar essa premissa diante dos funcionários.

Uma boa liderança é a chave

Saber encaminhar o colaborador em direção aos princípios da comunicação organizacional pode ser uma tarefa árdua. Porém, é papel do líder encontrar as melhores estratégias e metodologias para tal, começando por um mapeamento da atual situação da empresa. Atentar-se às perguntas primárias que expomos lá em cima é essencial para nortear os objetivos da corporação. 

Por outro lado, não manter uma boa cultura corporativa pode resultar em recrutamentos que não condizem com a missão da empresa. Investir continuamente para reverter essa possibilidade é o que vai diminuir o turnover voluntário dos funcionários e levar a corporação ao sucesso.

Como você viu, é essencial aplicar ações contínuas para manter uma cultura organizacional saudável e produtiva na empresa. Falhar nesse processo pode significar arriscar resultados e até mesmo levar à perda de clientes. Assim, atualize-se sempre para evitar que isso ocorra e invista no que é realmente necessário.

Leia também: Liderança liberal: o que é, vantagens e desvantagens  para conferir os benefícios dessa implementação ao seu negócio!

Publicado:
Materiais gratuitos

Baixe também nossos materiais gratuitos

Tudo o que você precisa saber sobre o mercado gratuitamente e em um só lugar.

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Forpeople Softwares a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.