Novidades

Aplicações da computação em nuvem: conheça as mais comuns

Publicado: Visto por: 25 pessoas

Uma aplicação em nuvem é uma espécie de software que exige apenas a internet para acesso. Assim, um servidor gerencia a aplicação, sem que seja preciso administrar o sistema por uma máquina local. Isso dá mais liberdade a quem depende do ambiente virtual para realizar quaisquer processos, à medida que a mobilidade é muito mais ampla.

 

Você sabia que os diferentes métodos de aplicações da computação em nuvem estão crescendo diariamente? Hoje, a aplicação em nuvem já é uma das principais fontes de renda no mercado do empreendedorismo, por seu caráter inovador no uso de dados e da internet.

Hoje, vamos falar um pouco mais sobre as aplicações da computação em nuvem e os principais exemplos de áreas que utilizam esse modelo. Continue a leitura!

Big Data

Big data é basicamente a análise e interpretação de um grande volume de dados. Para empresas que precisam lidar com informações e dados diariamente, análises de Big Data são fundamentais para manter a produtividade. Após analisados, esses dados são convertidos em valor para a organização, sendo possível prever situações e economizar tempo utilizado em soluções manuais.

Mas, para isso, é preciso armazenar as informações de modo que haja fácil acesso. Com a nuvem, você consegue guardar todos os seus arquivos em um só lugar, centralizado e que possibilita acesso a todos os envolvidos. Dessa maneira, além de as informações estarem seguras, essa migração oferece mais confiabilidade aos dados. É mais fácil também saber o que posteriormente será feito com eles. Assim, é possível acessar de qualquer lugar com internet, o que deixa de limitar o seu cotidiano de trabalho.

E-commerce

Outra aplicação da computação em nuvem muito comum atualmente é o e-commerce. Com ele, as transações de compra e venda acontecem no ambiente online, então a interface precisa ser interativa e de fácil uso. Porém, muitas vezes acontece de um site sair fora do ar por não comportar a quantidade de acessos simultâneos. Além disso, quaisquer outros problemas que ocorram podem prejudicar o andamento do website.

Com a computação em nuvem, essas chances caem drasticamente. É possível, durante o processo, contratar máquinas virtuais para dar conta da demanda. Desse modo, isso facilita e muito o controle do seu site em épocas de muitos acessos. Também há a possibilidade de regular a necessidade de cada empresa durante diferentes períodos, o que impede desperdícios ou gastos extras com essas máquinas.

CRM

O CRM (Gestão de Relacionamento com o Cliente) está diretamente ligado à satisfação dos clientes. Existem diversas ferramentas e mecanismos que hoje ajudam na automatização das funções de contato com o cliente, e que trazem benefícios infinitos para a corporação. Esse conjunto de práticas e tecnologias visa a garantir que a gestão de um negócio saiba exatamente no que está errando, além de personalizar o atendimento com os seus contatos.

Além de possibilitar a centralização de informações, a aplicação em nuvem do CRM dispensa a contratação de licenças de software e infraestrutura para o servidor físico. Além disso, todos os envolvidos em um projeto podem acessar os dados dos clientes de qualquer lugar, monitorando indicadores, identificando obstáculos e tomando decisões mais assertivas.

Com isso, as chances de reter clientes também são bem maiores. Algumas das ferramentas CRM mais conhecidas no mercado são: Salesforce, RD Station CRM e Hubspot CRM. Inclusive, o Salesforce é um dos mecanismos CRM que utiliza uma gestão SaaS (Software as a Service), que é o Software Como Serviço. Falamos mais disso em nosso outro post, vai lá conferir!

Armazenamento de dados na nuvem

Há diversas plataformas que se destinam ao armazenamento de dados hoje no mercado. Assim, elas atuam como aplicações da computação em nuvem em diversos aspectos, do gerenciamento de tarefas até a organização de documentos textuais. O G Suite, mecanismo do Google, tem ferramentas de produtividade como calendários compartilhados e reuniões em vídeo, que funcionam apenas com login do usuário (e internet!).

Tarefas podem ser realizadas de forma remota, uma vez que este recurso funciona na nuvem. Dentro do G Suite, há por exemplo o Google Drive, que armazena documentos que podem ser compartilhados para todos os envolvidos. É possível realizar o acesso até mesmo do seu celular! Além disso, as mudanças são salvas automaticamente, o que também dispensa preocupações em perder arquivos importantes.

Bom, essas foram algumas das aplicações da computação em nuvem no mercado hoje. É importante ressaltar que estes foram apenas alguns exemplos, pois o cloud computing já tem hoje uma vasta gama de ações em voga. Que, utilizadas, buscam otimizar as relações corporativas de uma empresa. Assim, deixar de investir na nuvem hoje significa ficar para trás da concorrência; imaginamos que você não goste muito dessa ideia.

Além disso, ignorar a necessidade de implementar inovações tecnológicas dentro do seu negócio pode te atrasar. Seja nas demandas ou até mesmo no relacionamento com o seu próprio cliente! Assim, comece a pensar nisso como um investimento a longo prazo.

Leia também sobre os novos papéis da liderança no empreendedorismo clicando aqui. Não perca esta leitura!

Publicado:
Materiais gratuitos

Baixe também nossos materiais gratuitos

Tudo o que você precisa saber sobre o mercado gratuitamente e em um só lugar.

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Forpeople Softwares a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.