Empreendedorismo

Como criar um plano de negócios de sucesso

Publicado: Visto por: 36 pessoas

Você com certeza já ouviu falar sobre a manutenção de um plano de negócios. Ele se refere a um instrumento de gestão que muitas empresas adotam para administrar o seu funcionamento; e a meta é que ele seja muito bem equilibrado.

Mas você já sabe como e por que criar um plano de negócios? Se você, assim como muitas outras pessoas, ainda tem dúvidas sobre esse assunto, é hora de saná-las. Aqui, nós vamos te explicar por que é importante manter essa estratégia, bem como maneiras para torná-la possível.

O que é um plano de negócios?

Antes de apontar os benefícios de um plano de negócios de sucesso, vamos dar uma breve explicação sobre o que ele é e no que consiste.

O plano de negócios nada mais é do que uma forma de estabelecer um planejamento para a empresa. Assim, é basicamente um instrumento de gestão que auxilia o empreendedor a planejar todos os passos da organização.

A grande meta de um plano de negócios é, dessa forma, mapear os objetivos da empresa em busca de resultados, por meio de diretrizes pré-estabelecidas. Por meio do registro, é possível traçar os passos rumo a esses objetivos, trazendo mais segurança e precisão às ações que serão realizadas.

Qual a importância de um plano de negócios?

Como já dissemos, é muito importante montar um plano de negócios para a sua empresa. Vejamos abaixo algumas das maiores vantagens desse tipo de decisão.

1. Mantém um bom fluxo de trabalho

Imagine a seguinte situação: uma professora vai à aula sem realizar um planejamento prévio da matéria que precisa ensinar. Não conhecendo o conteúdo, ela provavelmente falhará em transmiti-lo aos seus alunos, o que a impedirá de realizar bem o seu trabalho.

Traçando uma analogia com o mundo do empreendedorismo, é possível observar algumas semelhanças, sendo os seus colaboradores representados pelos alunos. Se você é um líder despreparado, não possuirá a capacidade necessária de dar o exemplo a quem trabalha com você. Por isso, planejar desde o início é essencial; faz todo o ciclo do serviço correr como deveria, sem maiores obstáculos.

2. Correção de desvios

Muitas vezes, você pode se deparar com alguma situação conflituosa dentro da sua empresa. Com o plano de negócios correto, é possível prever de forma mais certeira a maioria dessas adversidades, bem como seus resultados. Assim, com a obtenção desses insights, é mais fácil impedir que esses desvios aconteçam novamente no futuro.

Com tudo isso, cada etapa dentro do seu negócio poderá seguir um rumo melhor, que não coloque em xeque toda a sua estratégia. A preparação para adversidades é, então, um dos benefícios de se criar um plano de negócios para a sua empresa.

3. Simulação de cenários

Com o plano de negócios em mãos, é possível fazer a simulação de cenários dentro da empresa. Isto é, simular situações que podem acontecer eventualmente. O que aconteceria, por exemplo, se houvesse uma queda de 5% no orçamento, advinda do cancelamento de um contrato?

Com esse tipo de planejamento, é possível prever isso e muito mais, à medida que você já possui um conhecimento prévio de como as coisas funcionam em determinado departamento do seu negócio. Assim, é possível também praticar a correção de desvios, que apontamos no item anterior.

4. Mais segurança nas decisões a serem tomadas

Uma vez que o plano de negócios reúne informações vitais para o começo (ou continuação) do seu negócio, ele contém o conjunto de estratégias que serão utilizadas pela empresa.

Desse modo, com o planejamento adequado, o gestor consegue visualizar melhor todos os desafios que serão enfrentados. Além disso, sabe quando deve adotar tal posicionamento ou recuar em determinado setor. Assim, um plano de negócios de sucesso tem tudo para proporcionar uma liderança mais efetiva e com mais segurança em relação às decisões tomadas.

Um exemplo disso é que, com o plano de negócios em mãos, seria possível prever em que o momento a empresa atingiria o break-even (ponto de equilíbrio), e o que poderia ser feito caso isso não acontecesse. Além disso, seria possível visualizar alguns impactos disso dentro da estratégia seguida.

Como criar um plano de negócios de sucesso?

Agora, você provavelmente já percebeu a importância do plano de negócios para o seu empreendimento. As chances de prosperar sem um planejamento prévio muito bem calculado são pequenas; então, prepare-se para começar o quanto antes.

Aqui você pode encontrar uma explicação de como criar um plano de negócios de sucesso, passo a passo. Acompanhe:

Sumário

O sumário é basicamente um resumo que consta no início do plano de negócios. Embora essa parte esteja nas primeiras páginas, é a última coisa em que você deve pensar, porque é preciso ter em mãos todos os assuntos tratados no decorrer do documento. De forma resumida, ele deve conter:

1) Dados dos empreendedores;

2) Resumo dos dados do empreendimento;

3) Missão da empresa;

4) Setor ou setores de atividade;

5) Forma jurídica;

6) Enquadramento tributário;

7) Capital social;

8) Fontes de recursos.

A principal função do sumário é despertar a atenção do leitor para tópicos importantes, por isso não deve ser muito extenso.

Análise de mercado

A análise de mercado é um dos principais objetivos por trás do negócio. Ela serve para perceber se há, realmente, demanda para o produto ou serviço que você deseja vender. Além disso, para entender a mentalidade dos concorrentes e o seu posicionamento.

Primeiro, é preciso definir o seu público-alvo, a fim de entender quem são as pessoas que buscarão pelos seus serviços. E, assim, buscar atendê-las da melhor forma possível. Depois disso, pergunte-se por qual motivo essas pessoas comprariam o seu produto, além do que ele possui de especial para tal. Elabore questionamentos sobre os anseios, necessidades e a realidade atual delas, os seus hábitos de compra e sua rotina.

Assim, basta analisar como os seus concorrentes planejam seu negócio, bem como quais armas utilizam para atrair clientes. Além disso, liste os pontos fortes de cada um para perceber o que você pode trazer para a sua própria empresa e o que não encaixa na sua vivência. Dê atenção também aos stakeholders, que são aquele público que impacta o negócio de alguma forma.

Liste oportunidades e ameaças

Feita uma pesquisa de mercado detalhada, é interessante também listar oportunidades e ameaças que podem colocar em xeque o seu negócio. No plano, crie uma sessão para listar exclusivamente os seus principais desafios, incluindo as adversidades que você poderá encontrar ao longo do trajeto.

Outra boa prática é deixar registrado o que pode dar errado e os seus concorrentes, levando em conta uma visualização prévia do negócio e como se dará o seu andamento. Com isso, será possível enxergar pontos fracos que precisam ser melhorados antes mesmo do início.

Plano de Produto

É aqui que você precisa realizar um detalhamento do seu produto ou serviço para que não haja falhas de comunicação.

Nesta etapa, é importante identificar as principais características, benefícios e diferenciais do que você oferece, bem como os desafios que o seu produto resolve. Com isso, basta coletar as informações e registrá-las para que o documento contenha todos esses dados.

Plano de Marketing

Além de definir para que serve o seu produto, é preciso registrar todas as estratégias de marketing que a empresa adotará para divulgação, por exemplo. De início, vale realizar a identificação dos canais de atuação dessa divulgação, como por exemplo as redes sociais, e-mail, o Google, etc.

Depois, avalie quais serão as suas ações para atrair clientes, como você localizará potenciais clientes, quais são os fatores culturais e sociais que marcam o comportamento do seu cliente, etc. Isso porque é essencial definir as suas estratégias de vendas, e como você pretende estruturar essas ações para que a informação chegue até os clientes.

Plano Operacional

O plano operacional define como o empreendimento vai comercializar seu produto ou serviço. Além disso, ele aponta a quantidade de pessoas necessárias para o funcionamento da empresa, as atividades que serão desenvolvidas por cada um desses colaboradores e os benefícios desses funcionários. Também são definidas as qualificações necessárias para o contratamento desse pessoal e como alinhar o seu desenvolvimento com a estratégia do negócio.

Plano Financeiro

Esse é, talvez, um dos passos mais importantes para a definição de um plano de negócios de sucesso. O plano financeiro serve para avaliar a saúde financeira da empresa e prospectar parceiros e investidores, por exemplo. Mas, lembre-se primeiro de se certificar de que o seu plano é viável!

Aqui, o investimento inicial deve ser levado em conta, uma vez que considera os investimentos fixo e pré-operacionais. São considerados também aspectos como receita, custos previstos, análises sobre balanço patrimonial e sobre o investimento projetado.

Agora, basta conhecer bem cada setor da sua empresa e se empenhar para organizar o seu plano de negócios da melhor maneira possível. Isso exige algum tempo e bastante esforço, mas é essencial para o sucesso em toda e qualquer etapa do seu empreendimento.

Para saber mais sobre 7 passos para se tornar um empreendedor de sucesso, leia nosso conteúdo sobre o assunto. E, qualquer dúvida, deixe pra nós aqui nos comentários!

Publicado:
Materiais gratuitos

Baixe também nossos materiais gratuitos

Tudo o que você precisa saber sobre o mercado gratuitamente e em um só lugar.

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Forpeople Softwares a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.