Empreendedorismo

A computação em nuvem e sua revolução no empreendedorismo do séc. XXI

Publicado: Visto por: 21 pessoas

A computação em nuvem opera sob demanda, fornecendo recursos do sistema de computador pela internet. Esse método de lidar com dados computacionais já é aposta da maioria das corporações ao redor do globo, à medida que facilita o cotidiano de empreendimentos e pessoas físicas.

Para compreender o impacto do cloud computing no século em que vivemos, é preciso entender suas principais características. Além de revolucionar o empreendedorismo, é nítido que essa mudança alterou a maneira como o mercado funciona. 

Assim, continue acompanhando para descobrir as vantagens e a importância da computação em nuvem na tecnologia atualmente! 

O surgimento da computação em nuvem

O termo “computação em nuvem” está diretamente ligado ao surgimento da Internet, e houve diversas pessoas envolvidas no processo. 

Porém, os primeiros indícios datam dos anos 1960. Nessa época, John McCarthy deu os primeiros passos rumo à invenção do cloud computing. O cientista, conhecido por criar a linguagem de programação Lisp, foi um dos primeiros a discutir a computação por tempo compartilhado. Ou seja, a possibilidade de ter vários usuários ao mesmo tempo, que foi o que mais tarde chamamos de Utility Computing.

Mas, apesar da arquitetura da ideia, levou décadas para que fosse amadurecida. Em 1996, um grupo de tecnólogos da Compaq elaborou um plano de negócios sobre o assunto, usando o termo Cloud Computing pela primeira vez. Já no ano seguinte, uma palestra a nível acadêmico ministrada pelo professor de sistemas de informação, Ramnath Chellappa, trouxe novas perspectivas à causa.

Finalmente, estudiosos começavam a enxergar a computação em nuvem como algo tangível. Ao perceberem que os gastos do usuário cairia, houve então a criação da ARPANET (rede mundial de compartilhamento de comunicação) em 1974, tirando o projeto do papel e trazendo-o à realidade. 

As primeiras aplicações da computação de nuvem

A computação em nuvem se consolidou apenas nos anos 2000, quando a internet também se desenvolveu melhor. Apesar disso, há muitas controvérsias sobre quem fez a primeira aplicação. Na realidade, a popularização do cloud computing ocorreu em 2006, quando a Amazon lançou o serviço AWS. Basicamente, iniciou como uma plataforma de serviços de computação em nuvem que permitia o “aluguel” de espaço na computação, em que as empresas pagavam pelo armazenamento. 

Ao longo do amadurecimento da computação em nuvem, grandes corporações começaram a investir nesse serviço. O Google é um desses exemplos, abrigando hoje inúmeras ferramentas gratuitas como o Docs, Calendar, entre outras. Assim, a maioria das corporações utiliza hoje mecanismos na nuvem para agilizar diversos processos e demandas, contando com maior segurança.

A computação em nuvem no empreendedorismo hoje

Hoje, pequenas empresas enxergam nas soluções em nuvem uma forma de flexibilizar e agilizar processos de trabalho. Diversas ferramentas, pagas ou gratuitas, transformam o dia a dia de colaboradores que precisam lidar com dados ou grande quantidade de informação, seja relativa a clientes ou à própria corporação.

Dessa maneira, a nuvem está disponível para todos os empreendimentos que contam com a internet em seu cotidiano. Já que apenas se paga pelo uso, a redução de custos é outro benefício a levar em consideração. Não é preciso pagar por licenças e instalação de hardwares e softwares em dispositivos fixos, pois a mobilidade da nuvem torna possível o acesso de qualquer lugar, a qualquer hora.

Nesse sentido, podemos observar a revolução da computação em nuvem no empreendedorismo. Processos manuais que tomavam tempo do colaborador hoje são substituídos pela automatização com algumas ferramentas. 

Os funcionários podem contar com a Inteligência Artificial e o machine learning para aprender com o dados obtidos e melhorar a performance da empresa diariamente! É um universo de possibilidades que se abre ao surgimento de cada inovação.

As grandes empresas se apoiam na nuvem para a maioria de seus projetos, atingindo com a tecnologia patamares nunca antes explorados. Porém, a computação em nuvem é para todos, sendo que pequenas e médias empresas já otimizam seu cotidiano com essas soluções. Assim, é preciso perder o medo da adaptação e começar a pensar na tecnologia como uma aliada fundamental. Se você ainda não trabalha com o cloud computing, é hora de mudar essa mentalidade e começar a se adequar à nova era mercadológica em que estamos inseridos.

Para aprofundar essa discussão, falamos mais em nosso blog sobre as vantagens de ser um sistema 100% em nuvem. Além disso, explicamos sobre as aplicações em nuvem mais comuns no mercado hoje. Então, se você quer mudar a performance da sua empresa com a ajuda da tecnologia, não deixe de ler!

Publicado:
Materiais gratuitos

Baixe também nossos materiais gratuitos

Tudo o que você precisa saber sobre o mercado gratuitamente e em um só lugar.

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Forpeople Softwares a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.